quinta-feira, 30 de outubro de 2014

Review "Alex #1" - Sawyer Bennet

My rating: 3 of 5 stars

O livro guarda a promessa que Alex é um completo babaca. O tipo de cara que não liga para os sentimentos de ninguém. Logo, ele não se importa em magoar ninguém, sendo grosso por qualquer motivo, com a desculpa de que está fazendo o que quer, como quer e não está nem aí.

Alex é um atleta, ele joga hockey profissionalmente e ele não precisa se esforçar muito para ser incrível. É algo natural que existe nele e vai contra sua própria essência, pois ele odeia hockey.

Houve um dia em que ele gostava do esporte, mas seu pai com seu alcoolismo e abuso acabou com a infância de Alex, bem como o seu amor por jogar Hockey.

A vida de Alex muda, para melhor, quando ele conhece Sutton (nome péssimo, eu sei...). Ele é obrigado a melhorar a sua imagem de canalha pelo seu time, e para isso, ele tem que se comprometer a ajudar Sutton a organizar uma campanha contra drogas. Ele não vê o menor problema em ajudar em uma campanha com fins maiores que sua canalhice, mas ele não suporta a ideia de ter que seguir uma carga horária de compromissos com Sutton e ainda receber um relatório sobre o seu desempenho. Afinal, Alex não cometeu nenhum crime, ele apenas é um babaca.

Falando sobre a babaquice de Alex, eu espera muito mais. Eu queria ver um canalha com letra maiúscula, e Alex é, na verdade, um completo fofo.

Os primeiros dois capítulos foram ótimos, de cara já prendeu a minha atenção, mas depois foi perdendo um pouco a graça quando eu percebi que o Alex realmente era um fofíssimo e não estava lá para muita canalhice. Não que eu tenha problema com personagens fofos, mas é que a promessa do livro era um personagem canalha.

É fofo ver o relacionamento entre Alex e Sutton nascer e se desenvolver.

Nenhum comentário:

Postar um comentário