sexta-feira, 20 de junho de 2014

Review Fight with Me #2 - Kristen Proby

Título: Fight with Me #2

Série: With Me in Seattle

Autora: Kristen Proby

Avaliação: 4.5/5


Data de Publicação: 30 de Dezembro de 2012.
** O livro pode ser encontrado aqui.


Aah, G-sus... Eu me pergunto por onde andam os Nates no mundo? Que homem...

No segundo livro da série With Me in Seattle, Kristen Proby não nos deixa na mão. Com uma narrativa envolvente e cheia de cenas calientes, a autora consegue atrair nossa atenção e, com sucesso, alcança o objetivo de nos deixar com um largo sorriso no rosto.

Dessa vez, nós temos a história de Jules Montgomery. Ela é uma mulher bonita e confiante que cresceu cercada por irmãos que a ensinaram a se proteger e a ser independente. Ela está vivendo um momento em que a sua carreira profissional vem em primeiro lugar, pois Jules quer provar seu valor e que é muito mais que apenas um rostinho bonito. Assim, ela está sempre ocupada demais para se preocupar com o sexo oposto. O problema com o sexo oposto começa quando Nate McKenna entra em cena e está tão próximo que é impossível não perceber a sua presença. O único detalhe é que Nate McKenna é o chefe de Jules.

Jules sabe que deve manter distância do irresistível Nate McKenna, principalmente, por ele ser seu chefe, mas não só por isso. Mas também por Nate parecer encrenca, perigo. E ela não faz ideia...

Nate tem cabelos longos e negros, olhos cinza e um corpo incrível (uma vez que é ex lutador de UFC). O que Jules ainda não sabe é que por baixo da roupa social que ele usa estão escondidas tatuagens e um piercing em um lugar dedicado exclusivamente para proporcionar prazer feminino em aventuras sexuais.

Com essa descrição toda é óbvio que Jules não resistiu. Assim, ela e Nate se rendem a uma noite de paixão e acabam quebrando a política de não confraternização exigida pela firma em que trabalham.

A diferença entre os dois é que Nate não está nem aí para essa política da firma, ele quer Jules e lutará por ela. Já Jules se distanciará de Nate, pois ela precisa pensar em sua carreira. Até que chega um ponto em que Nate não aguenta mais a distância e pede que Jules passe um final de semana com ele. Ela aceita e é o início de um intenso amor, até que Jules acredita que Nate colocou tudo a perder. O que ela não sabe é o quanto Nate se importa com ela.

Eu queria dar nota 5, mas não dou, pois a Jules é teimosa demais e isso foi um pouco frustrante. Fora isso, vale a pena investir tempo nessa leitura. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário